CAPA

Atividades 2019

Apresentação de Artigos

  • Auxiliar o petiano a adquirir confiança e melhorar o seu desempenho durante apresentações e falas em público.

Aproveitamento de Alimentos

  • Realizar pesquisas sobre Aproveitamento Integral de Alimentos para complementar a formação acadêmica e científica dos membros do Programa e cumprir com a responsabilidade social.

Atividades de Cunho Coletivo (INTERPET, ECOPET, ENAPET, CLAA, CONPEEX)

  • Com a participação nestes eventos objetiva-se buscar melhorias que proporcione o crescimento do grupo, participar de discussões sobre o desenvolvimento e andamento do programa, além da apresentação de trabalhos realizadas pelo grupo.

Ciclo de Oficinas

  • Auxiliar os alunos da Engenharia de Alimentos com assuntos que tenham dificuldade durante a graduação e, assim, procurar diminuir a taxa de evasão do curso.

Ciência Itinerante

  • Promover o aprendizado básico da ciência de alimentos para os alunos do ensino infantil de uma forma didática, além de auxiliar na formação cidadã dos integrantes do grupo, através da integração e troca de experiências com os alunos do ensino fundamental.

Ciência no Parque

  • Popularizar e divulgar o curso de Engenharia de Alimentos, além de expandir o conhecimento sobre diversos assuntos da área para a população.

Cursos de Extensão em Processamento de Alimentos

  • Promover a comunidade externa noções básicas de manipulação de alimentos, além de permitir a integração dos membros do grupo tanto com a comunidade quanto com os discentes de graduação, pós-graduação e docentes da universidade.

Cursos Extracurriculares

  • Contribuir para uma melhor formação acadêmica dos alunos, através da ampliação dos seus conhecimentos por meio de apresentações de recursos que auxiliarão no mercado de trabalho.

Curta o Campus

  • Promover interação entre a comunidade acadêmica e a população em geral por meio de oficinas e demais atividades realizadas pela universidade.

Despertando seus Sonhos

  • Estimular o interesse dos estudantes da rede pública em cursar o ensino superior, contribuindo nas suas escolhas de curso e esclarecendo dúvidas sobre a universidade assim como, as oportunidades que ela oferece.

Espaço das Profissões

  • Levar conhecimento sobre a graduação através da sala interativa no Espaço das Profissões e despertar o interesse dos visitantes para o curso de Engenharia de Alimentos.

Feira Agro Centro Oeste Familiar

  • Orientar os produtores participantes da Feira quanto a noções de Boas Práticas de Fabricação aplicadas a produção de alimentos e elucidar formas corretas de acondicionamento.

II Encontro de Egressos do Grupo PET Engenharia de Alimentos

  • Promover networking através da troca de experiências entre os petianos egressos e atuais, além de analisar o impacto que a participação no Programa de Educação Tutorial tem na vida de quem fez parte dele.

III Maratona da Escola de Agronomia

  • Integrar os grupos de estudos da Escola de Agronomia, estudantes e professores.

Informativo da Escola De Agronomia

  • Promover que os alunos da Escola de Agronomia (cursos de Engenharia de Alimentos, Agronomia e Engenharia Florestal) tenham acesso a informações relevantes sobre o ambiente em que estão inseridos.

IV Workshop da Engenharia de Alimentos da UFG

  • Promover atividades e palestras que aprofundam em temas aprendidos no decorrer do curso de graduação voltados para o mercado de trabalho da área, assim como atividades práticas, como os minicursos.

Jogos Para Engenharia

  • Desenvolver um jogo educativo para auxiliar os alunos do curso de Engenharia de Alimentos em matérias de engenharia.

Manutenção do Site e Redes Sociais do Grupo PET Engenharia e Alimentos

  • Publicar eventos, oportunidades e atividades à serem realizados, mostrar a área de atuação do Engenheiro de Alimentos, divulgar e convidar os estudantes a participarem das atividades realizadas pelo grupo. Participar de plataformas de comunicação com outros grupos PET’s.

MasterPET

  • Apresentar aos participantes uma das diversas áreas que o profissional poderá atuar, e assim comemorar de maneira descontraída o dia do Engenheiro de Alimentos.

Minicurso em Abrigos

  • Promover às profissionais da cozinha do abrigo de idosos, conhecimentos relacionados às boas práticas de fabricação, métodos de conservação e aproveitamento de alimentos.

Mural da Engenharia de Alimentos

  • Divulgar eventos, notícias, estágios, dentre outros assuntos relacionados ao curso da Engenharia de Alimentos. Convidar para as atividades desenvolvidas pelo grupo PET Engenharia de Alimentos.

Oficinas nos Institutos Federais

  • Agregação de conhecimento sobre temas da área de Ciência e Tecnologia de Alimentos para os estudantes dos Institutos Federais de Goiás. Para o grupo, buscar conhecimento sobre os temas abordados e transmiti-los da melhor forma, para melhorar a apresentação em público.

Pesquisas

  • Aprofundar conhecimentos sobre a área através de análises laboratoriais, revisões bibliográficas, entre outros meios.

PET Cultural

  • Fazer um momento de integração entre os discentes, docentes e funcionários da universidade, além de difundir mais a cultura neste meio, além de proporcionar momentos de distração e descanso dentro da faculdade.

Plantando o Saber

  • Promover conhecimento específico e de fácil entendimento para crianças e adolescentes, relacionados à higiene, doenças transmitidas por alimentos e fomentar uma discussão acerca da importância de se alimentar adequadamente.

Processo Seletivo

  • Selecionar novos membros, a fim de acrescentar, colaborar, e somar nas atividades do grupo.

Recepção Calourosa

  • Diminuir o impacto na transição entre ensino médio e universidade através do acolhimento dos calouros, além de descobrir os principais fatores que geram evasão do curso e tentar diminuí-los.

Reuniões Administrativas

  • Criar e manter um ambiente organizado e produtivo em que haja a participação de todos os membros para o crescimento tanto do grupo, quanto pessoal. Avaliação do andamento das atividades e a participação individual dos membros.

Visitas Técnicas

  • Conhecer ambientes de atuação do Engenheiro de Alimentos, vivenciando processos de uma indústria de alimentos, aprendendo sobre conhecimentos relacionando ao curso, e a prática do mercado de trabalho.