Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
ca

Avaliação do índice de Caseínomacropepítideo (CMP) em leite cru refrigerado em fazendas

Avaliação do índice de Caseínomacropepítideo (CMP) em leite cru refrigerado em fazendas

 

            A cadeia láctea brasileira passa por importantes transformações sejam estas de ordem tecnológicas ou pelos hábitos e maior exigência dos consumidores. O fato mais importante foi a refrigeração do leite na fazenda e seu transporte a granel até a indústria, este armazenamento pode ultrapassar 48 horas. Esta mudança levou ao aparecimento de novos problemas no leite em especial o crescimento de microrganismos psicrotróficos. Estes microrganismos podem liberar enzimas no leite que ao hidrolizarem proteínas levam o aparecimento de frações protéicas semelhantes ao CMP. A instrução normativa 69 do Ministério da Agricultura estabelece que o índice de CMP do leite não deve ultrapassar 75mg/L. Este trabalho tem por objetivo avaliar o índice de CMP em leite refrigerado desde sua ordenha até o processamento do mesmo. Serão selecionados produtores de leite em diferentes regiões do Estado e a partir daí coletadas amostras do momento da ordenha até o envase, sendo coletadas nos diversas fases do armazenamento e transporte do leite até a indústria. Esta atividade tem como parceiro o Sindicato das Indústrias de Laticínios no Estado de Goiás (SINDILEITE).
Listar Todas Voltar